Ultimas Notícias
Operação Negociata: prisão temporária de investigados é prorrogada
A pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO), a prisão temporária das nove pessoas detidas durante a deflagração da Operação Negociata, ocorrida na última semana em diversas cidades de Goiás e uma de Minas Gerais, foi prorrogada por mais cinco dias pe
18/09/2018
     A pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO), a prisão temporária das nove pessoas detidas durante a deflagração da Operação Negociata, ocorrida na última semana em diversas cidades de Goiás e uma de Minas Gerais, foi prorrogada por mais cinco dias pela Justiça. Ao todo 32 mandados de busca e apreensão e nove de prisão foram cumpridos durante a ação.

     O prazo inicial das prisões temporárias venceria na manhã desta terça-feira (18/9) e foi prorrogado a pedido dos promotores do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), para continuar com a coleta de provas e as oitivas dos detidos.

     A ação investiga fraudes em licitação, pagamentos de propina e lavagem de dinheiro envolvendo o Poder Executivo de Caldas Novas e alguns empresários, que se beneficiavam com a atuação ilícita dos agentes públicos. O prefeito de Caldas Novas, Evando Magal, foi um dos detidos.

     As buscas e apreensões foram realizadas em Goiânia, Caldas Novas, Morrinhos, Itumbiara, Aruanã, Aparecida de Goiânia. Dentre os objetos encontrados nas buscas estão um revólver calibre 38, aproximadamente US$ 120 mil em espécie, moeda nacional em espécie, cheques e documentos. (Fagner Pinho / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

     


COMENTÁRIOS
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Quanto é 5 + 7Responda:

Mais Recentes

AINDA NÃO HÁ NENHUM COMENTARIO, SEJA VOCÊ, O PRIMEIRO A COMENTAR...

Fique Ligado
Ministério Público recorre ao STF para suspender liminar que permitiu abertura das academias

Empresas: Como sobreviver sem endividar-se na pandemia

Coronavírus: Após MP recomendar, Saúde de Pires do Rio desativa cabine de desinfecção de pessoas

Escola LUZ da Humanidade: comunicado

Durante reunião com prefeitos Caiado discute endurecimento de restrições em Goiás

GoiásFomento deixa de exigir certidão negativa de débitos do INSS para liberar crédito

Quatro dicas terapêuticas para não pirar durante o isolamento

Dia das Mães 2020

Jornal
do Sudeste
MENU