Ultimas Notícias
Em 13 estados, eleição de governador foi decidida no primeiro turno
08/10/2018
     Eleitores de 13 estados escolheram em primeiro turno seus governadores. O resultado já está definido nos seguintes estados: Alagoas (MDB), Bahia (PT), Ceará (PT), Paraíba (PSB),  Piauí (PT), Maranhão (PCdoB), Tocantins (PHS), Pernambuco (PSB), - onde os governadores foram reeleitos - e no Paraná (PSD), Goiás (DEM), Mato Grosso (DEM) e Espírito Santo (PSB), onde novas candidaturas venceram.

     Na Região Nordeste, os sete governadores vitoriosos são aliados do candidato do PT, Fernando Haddad: no Ceará, Camilo Santana (PT); no Piauí, Wellington Dias (PT); na Bahia, Rui Costa (PT); em Alagoas, Renan Filho (MDB); no Maranhão, Flávio Dino (PCdoB); na Paraíba, João Azevêdo (PSB); em Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

     Desses estados, somente Azevêdo, na Paraíba, não foi reeleito.

     Na Região Norte, Mauro Carlesse (PHS) decidiu a disputa no primeiro turno no Tocantins. Carlesse é o atual governador, eleito após a cassação do mandato do emedebista Marcelo Miranda.

     Em Goiás, o senador Ronaldo Caiado (DEM) foi eleito governador do estado pela primeira vez. Já no Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB) voltará ao poder. O Paraná elegeu o estreante Ratinho Júnior (PSD).

     2º turno

     Haverá segundo turno em 13 estados e no Distrito Federal. Em Minas Gerais, no Distrito Federal e no Rio de Janeiro haverá segundo turno com candidatos em primeiro lugar que não apareciam entre os favoritos. Em Minas, o candidato do Novo, Romeu Zema, conquistou o primeiro lugar, desbancando o governador de Minas, o petista Fernando Pimentel, que não conseguiu chegar ao segundo turno, e retirando do tucano Antonio Anastasia o favoritismo.

     No Rio de Janeiro, o candidato do PSC Wilson Witzel bateu o ex-prefeito Eduardo Paes (MDB) e retirou do segundo turno o senador e ex-jogador de futebol Romário (Podemos).

     No Distrito Federal, aconteceu a mesma novidade: Ibaneis, do MDB, que não aparecia nas pesquisas de intenção de votos, foi para a primeira posição, mas o atual governador, Rodrigo Rollemberg (PSB), que aparecia em terceiro, conseguiu passar para o segundo turno.

     Por Agência Brasil Brasília


COMENTÁRIOS
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Quanto é 2 + 2Responda:

Mais Recentes

AINDA NÃO HÁ NENHUM COMENTARIO, SEJA VOCÊ, O PRIMEIRO A COMENTAR...

Fique Ligado
Ministério Público recorre ao STF para suspender liminar que permitiu abertura das academias

Empresas: Como sobreviver sem endividar-se na pandemia

Coronavírus: Após MP recomendar, Saúde de Pires do Rio desativa cabine de desinfecção de pessoas

Escola LUZ da Humanidade: comunicado

Durante reunião com prefeitos Caiado discute endurecimento de restrições em Goiás

GoiásFomento deixa de exigir certidão negativa de débitos do INSS para liberar crédito

Quatro dicas terapêuticas para não pirar durante o isolamento

Dia das Mães 2020

Jornal
do Sudeste
MENU