Ultimas Notícias
Procura-se uma escola que desapareceu numa aldeia chamada Brasil
05/11/2018
     Procura-se uma escola que desapareceu numa aldeia chamada Brasil. Na minha época, na década de 60, quando fazia o ensino fundamental/ensino médio (na época primário/ginásio), no Colégio Estadual Professor Ivan Ferreira, de minha pequena cidade no interior de Goiás, Pires do Rio, reverenciava-se o hasteamento do Pavilhão Nacional (a cada dia um aluno era escolhido para hastear a bandeira); cantava o Hino Nacional antes das aulas; tinha como disciplinas obrigatórias: Organização Social e Política do Brasil (OSPB) e Educação Moral e Cívica..

      Os valores morais tinham primazia sobre os intelectuais; adotava a prática do ditado; o caderno de caligrafia era obrigatório; adotava decálogos cívicos; ensinava os alunos a se porem de pé para receber os professores; organizava os alunos por altura; assegurava autoridade aos professores; e conferia a eles o poder de increpar os alunos; fazia o infantojuvenil conhecer os postulados básicos da religião.

     A prática de espancamento de professores por alunos era desconhecida. A escola que desapareceu infundia o sentimento de brasilidade e de amor ao Brasil.Texto de William Kalil Kalil


COMENTÁRIOS
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Quanto é 10 + 7Responda:

Mais Recentes

AINDA NÃO HÁ NENHUM COMENTARIO, SEJA VOCÊ, O PRIMEIRO A COMENTAR...

Fique Ligado
TJ confirma que religação de água não é condicionada à quitação de todos os débitos do mesmo CPF

A educação pública na vala comum

Festa do Rosário: tradição se repete em 2018

A TRADIÇÃO SE REPETE EM 2.018

A TRADIÇÃO SE REPETE EM 2.018

A TRADIÇÃO SE REPETE EM 2.018

Idosos da zona rural se aposentam em Maurilândia durante Acelerar Previdenciário

Desfile Cívico em comemoração aos 96 anos de Pires do Rio

Jornal
do Sudeste
MENU