Ultimas Notícias
Procura-se uma escola que desapareceu numa aldeia chamada Brasil
05/11/2018
     Procura-se uma escola que desapareceu numa aldeia chamada Brasil. Na minha época, na década de 60, quando fazia o ensino fundamental/ensino médio (na época primário/ginásio), no Colégio Estadual Professor Ivan Ferreira, de minha pequena cidade no interior de Goiás, Pires do Rio, reverenciava-se o hasteamento do Pavilhão Nacional (a cada dia um aluno era escolhido para hastear a bandeira); cantava o Hino Nacional antes das aulas; tinha como disciplinas obrigatórias: Organização Social e Política do Brasil (OSPB) e Educação Moral e Cívica..

      Os valores morais tinham primazia sobre os intelectuais; adotava a prática do ditado; o caderno de caligrafia era obrigatório; adotava decálogos cívicos; ensinava os alunos a se porem de pé para receber os professores; organizava os alunos por altura; assegurava autoridade aos professores; e conferia a eles o poder de increpar os alunos; fazia o infantojuvenil conhecer os postulados básicos da religião.

     A prática de espancamento de professores por alunos era desconhecida. A escola que desapareceu infundia o sentimento de brasilidade e de amor ao Brasil.Texto de William Kalil Kalil


COMENTÁRIOS
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Quanto é 2 + 5Responda:

Mais Recentes

AINDA NÃO HÁ NENHUM COMENTARIO, SEJA VOCÊ, O PRIMEIRO A COMENTAR...

Fique Ligado
Operação conjunta contra o tráfico de drogas prende 8 em Pires do Rio

Promotoria de Goianápolis seleciona assessor

Receita Federal exclui 521 mil empresas devedoras do Simples Nacional

Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Município que investir no ensino de tecnologias pode aumentar repasse do Fundeb

Prefeitos discutem com a Seduce o pagamento do Transporte Escolar

Boletos de IPVA começam a ser entregues pelos Correios

Boletos de IPVA começam a ser entregues pelos Correios

Jornal
do Sudeste
MENU