Ultimas Notícias
Municípios vão plantar meio milhão de mudas de árvores
04/09/2019
     Numa iniciativa da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa foi lançado ontem o projeto Virada Ambiental que pretende envolver todas as prefeituras do Estado. Projeto nesse sentido de autoria do deputado Lucas Kalil (PSD), presidente da comissão, tramita na Assembleia e conta com as parcerias da Associação Goiana de Municípios (AGM), Universidade Federal de Goiás, Ministério Público, CREA-GO e outros órgãos e entidades. Participaram da sua apresentação secretários municipais de meio ambiente e prefeitos. Ele propõe a criação do Dia da Consciência Ambiental a ser comemorado dia 22 de novembro. Nessa data cada um dos 246 municípios goianos vai plantar, no mínimo, mil mudas de árvores para a recuperação ambiental. A expectativa é a de que serão plantadas quase meio milhão de mudas. A Associação Goiana de Municípios, sempre preocupada com as questões ambientais, aderiu de pronto a campanha.

     Para tanto os municípios assinaram um termo de adesão ao programa, se comprometendo na sua execução, que terá total assistência técnica disponibilizada pela EMATER e pela Associação Goiana dos Engenheiros Ambientais.

     Para o deputado Lucas Kalil a iniciativa visa incentivar os municípios a adotarem medidas que visam à recuperação e a proteção da natureza. Uma das sugestões é o envolvimento das escolas com a inclusão de matérias no currículo sobre o tema.

     O presidente da AGM, Paulo Sergio de Rezende (Paulinho), entidade que apoia o projeto e trabalhou na mobilização dos participantes, ressaltou a importância da iniciativa e conclamou os prefeitos a participarem ativamente. Ele garantiu que os municípios vão efetuar o plantio de um número de mudas bem superior ao previsto. “A AGM sai na frente e apoia integralmente o projeto. E, mesmo com as dificuldades enfrentadas pelos municípios devido à crise do país, o meio ambiente é uma prioridade dos gestores”.

     O reitor da UFG, professor Edward Madureira Brasil, foi outro participante do lançamento do projeto. Ele garantiu todo o apoio da instituição para o sucesso da iniciativa afirmando que “a preservação deve ser uma preocupação de todos e que o projeto também será útil para o aprendizado dos alunos”. Para tanto colocou todos os laboratórios da universidade à disposição para a execução do projeto. Como por exemplo, na localização de áreas através de imagens para serem recuperadas. Outro participante foi o promotor de Justiça Dr Delson Leone Junior coordenador do CAO do Meio Ambiente do Ministério Público de Goiás. Assessoria de Comunicação da AGM


COMENTÁRIOS
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Quanto é 3 + 4Responda:

Mais Recentes

AINDA NÃO HÁ NENHUM COMENTARIO, SEJA VOCÊ, O PRIMEIRO A COMENTAR...

Fique Ligado
Mobilização Municipalista em Brasília 2019

MISS e MISTER Estudantil 2019

Ser Natureza conclui etapa e inicia novas ações para recuperação de manancial em Pires do Rio

Sarau de Poesia no CEMB

Safra de grãos deve fechar 2019 com crescimento de 5,9% , diz IBGE

STJ confirma sentença que condenou supermercados de Catalão por venda de produtos vencidos

Pernambucanas voltam ao interior de Goiás com nova loja em Caldas Novas

Igreja de Deus no Brasil comemora 70 anos em Pires do Rio e 133 em Goiás e recebe homenagens

Jornal
do Sudeste
MENU