Fiscalização eletrônica em rodovias volta a funcionar em 2011
30/11/2010
      A Agência Goiana de Transportes e Obras - Agetop está realizando nova licitação para a contratação de empresas que vão fazer o monitoramento eletrônico das rodovias estaduais. O processo está na fase de julgamento das propostas técnicas. Em seguida, a Agência fará a análise das propostas financeiras. Ainda não há uma previsão para a divulgação do resultado final do processo e a volta do funcionamento dos aparelhos deve ficar para o início do ano que vem, segundo informou a assessoria de imprensa do órgão. A licitação em andamento inclui três lotes de equipamentos, totalizando aproximadamente R$ 96,5 milhões. Em relação à extensão a ser monitorada pelos aparelhos, a Agetop informou que todos os pontos que necessitarem de equipamentos deverão recebê-los. Os aparelhos serão instalados de acordo com a demanda, a ser analisada a partir de estatísticas de tráfego. Nova tecnologia A nova aparelhagem eletrônica que a Agetop está licitando terá tecnologia inovadora. Testes já foram realizados no início do mês de setembro. Os equipamentos contarão com um novo sistema que corresponde a uma leitura inteligente de placas. O sistema estará integrado em tempo real com banco de dados do Detran, da Secretaria da Fazenda e do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário. Assim, quando um veículo passar por algum tipo de radar, instantaneamente sua placa será lida e consultada nos outros bancos de dados. Caso haja alguma irregularidade, o veículo será abordado pelo Batalhão. As lombadas eletrônicas e os radares instalados nas rodovias goianas estão desativados desde o dia 27 de fevereiro deste ano, quando venceu o contrato com as empresas prestadoras do serviço. O contrato iniciado em 1º de setembro do ano passado era emergencial e válido apenas por 180 dias, portanto não pode ser prorrogado. Agecom

Untitled Page
JORNAL          SUDESTE