Amantes do esporte criam Liga Esportiva
10/05/2017
     Em tempos de crise é preciso ter criatividade. Foi isso que o professor de Educação Física Marcos Aurélio Guimarães (Marcão) da cidade de Cristianópolis GO, teve juntamente com parceiros de outros municípios ao criar a Liga Intermunicipal categorias de base.Marcão é um dos responsáveis pelo projeto esportivo em Cristianópolis chamado Projeto Esporte Seguro e inclusivo, coordenado pela Igreja de Cristo daquela cidade e que conta com mais de 150 alunos matriculados.Todos que militam com escolinhas de iniciação esportiva sabem das dificuldades em realizar amistosos contra outras agremiações, aliado a isso, a falta de interesse de gestores esportivos comprometem todo um trabalho e conseqüentemente a seqüência esportiva dos mesmos ao longo dos anos. Pensando nisso foi fundada no ano de 2016 a Liga Intermunicipal (Sede Cristianópolis) categorias de base, cujo a finalidade foi estreitar os laços de amizade entre os municípios e difundir torneios de base, valorizando assim, nossos promissores atletas.Hoje disputar campeonatos Federados sem o apoio de empresas e empresários é inviável, o custo é muito alto.No primeiro ano de competição (2016) sete municípios de nossa região participaram: Vianopólis, Pires do Rio, Bela Vista, Orizona, Cristinópolis, São Miguel do Passa Quatro, Urutai, as categorias foram classificadas em três formas: Mirim, Infantil e Juvenil.A cidade de Pires do Rio sempre foi referência em se tratando de atletas voltados para o futebol, aqui já revelou vários atletas para o Cenário Nacional, Juninho Goiano (ex Portuguesa, Vila Nova, Sport Recife), Pedrinho (Ex: PRFC, Ceres, Samambaia DF) Gilberto Ganda (Ex: PRFC, Goiânia, Goiás E.C) Carlos César (Ex: PRFC, Piracanjuba, Uberaba E.C) Rivelino (Ex: PRFC, Gama - DF) e vários outros expoentes do Futebol Goiano.Na categoria Mirim em uma parceria com a Sociedade Esportiva Pires do Rio (Prof. Dunda) e atletas do Centro Poliesportivo (2016) sagrou-se Campeã na Categoria em sua 1ª edição.Na categoria Sub 13 em 2016, o Centro Poliesportivo ficou em 3º lugar. Já na categoria sub 17 o trabalho coordenado por Leandro Tavares, dos atletas do Centro Poliesportivo com apoio da prefeitura municipal em 2016, ficou em 5º lugar na competição.Neste ano de 2017 (2ª Edição), varias outras cidades se juntaram a Liga, Santa Cruz de Goiás, Escolinha Império de Pires do Rio (Country Clube), Silvânia e Gameleira. Em entrevista ao Jornal do Sudeste, Marcos Aurélio se diz muito feliz e realizado, segundo ele, a força de todos fazem a diferença em tempos de crise. Texto e informações de Leandro Tavares

Untitled Page
JORNAL          SUDESTE