Vergonha
26/09/2018
     O estado de amnésia coletiva é desesperador para qualquer pessoa honrada. Como pode o eleitor se esquecer do mensalão, petrolão, ruína da Funcef, do Postalis, da Previ, dizimação da Petrobrás, da invasão de instalações brasileiras (Petrobrás) por Evo Morales, a Siderúrgica e o Metrô em Caracas com o dinheiro do BNDES - R$ 15 bilhões sob ameaça de calote. Como esquecer do Porto de Mariel em Cuba (R$ 3 bilhões sob contrato sigiloso de 30 anos), da recessão, do desemprWilliam Kalil Kalil

Untitled Page
JORNAL          SUDESTE