Acionado pelo MP por uso particular de veículo oficial, prefeito de Cachoeira de Goiás terá de devolver bem
22/05/2019
      Em ação proposta pelo Ministério Público de Goiás, a juíza Bianca Gonçalves deferiu pedido liminar que obriga o prefeito de Cachoeira de Goiás, Geraldo Antônio Neto, a entregar ao Núcleo do Controle de Vetores do município a caminhonete Mitsubishi L 200, doada ao Executivo, e utilizada indevidamente por ele.

      Geraldo Antônio tem dez dias para a providência, que deverá ser feita mediante assinatura de termo de responsabilidade ao coordenador do Núcleo, Gilberto Dias Rosa, a quem caberá fiscalizar o uso adequado do veículo, ligado aos fins da doação, bem como proibir o prefeito de utilizar, por si próprio ou por terceiros, para outros fins públicos ou pessoais, que não aqueles exclusivamente indicados no termo de doação.

      Conforme esclarece o promotor de Justiça Murilo Frazão, autor da ação, o MP recebeu diversas representações informando que o prefeito estaria usando o veículo público para fins particulares e outros fora do determinado pelo Ministério da Saúde em termo de doação do automóvel. A ação foi proposta após recomendação do MP ao prefeito, que não foi acatada, tendo ele continuado a fazer uso para fins públicos diversos e particulares do automóvel.(Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

     

Untitled Page
JORNAL          SUDESTE