Projeto que amplia posse de arma em propriedade rural vai à sanção presidencial
22/08/2019
     Foram 320 votos a favor e 61 contra para aprovar o projeto que autoriza a posse de arma em toda a extensão de uma propriedade rural. Na prática, a medida garante ao dono de uma fazenda, por exemplo, o direito de andar com uma arma de fogo em qualquer parte de sua propriedade. Atualmente, a posse só é permitida na sede da fazenda.

     A segurança no campo foi o elemento central durante as discussões do projeto da proposta. Quem defende a medida alega que é preciso que os agricultores possam se defender da criminalidade. Quem é contra diz que a medida poderia aumentar a violência no campo.

     Durante a votação, os deputados rejeitaram uma emenda que permitiria incluir no projeto de lei um dispositivo que alteraria o Estatuto do Desarmamento para garantir também o porte de arma ao proprietário rural. Lembrando que porte é quando a pessoa pode andar armado e posse é quando ela pode ter uma arma em casa ou local de trabalho.

     Esse aprovado ontem pela Câmara, como já passou pelo Senado ainda em junho, segue, agora para sanção presidencial.

Untitled Page
JORNAL          SUDESTE